Publicado por: alexandra | maio 25, 2010

Decote fatal

Entre várias coisas interessantes para colocar aqui no blog, decidir começar uma série de pequenas postagens sobre armas femininas (ou utilizadas por mulheres). A primeira surgiu de uma conversa. Assistindo o novo filme de Robin Hood e vendo a adaga que a personagem da Cate Blanchett carrega no corpete, a Iony me sugeriu que eu falasse disso aqui. Então vamos lá:

Essa arma era bem popular na Renascença Inglesa, onde era chamada de bodice dagger. Seu design foi inspirado em um tipo de corpete que era usado pela Rainha Elizabeth I – a “rainha virgem” (que inclusive também foi interpretada pela Cate Blanchett). Na época, parte superior do vestido feminino não tinha decote e trazia uma haste de ferro descendo a frente do colo da mulher, deixando-o reto como o tórax masculino, então algumas mulheres substituíram a haste por uma pequena adaga para contra-atacar indesejáveis “apalpadores”. Quando alguém avançava sem ser convidado, a mulher simplesmente puxava a adaga de seu vestido e a usava contra o desavisado. Na época, acreditava-se que a prática de achatar os seios com um metal era uma forma de controle de natalidade, como se o fato de apertar os seios evitasse a gravidez. Mas é claro que uma adaga funcionava bem melhor nesse caso.

As mulheres samurai também carregavam pequenas adagas escondidas em suas roupas, às quais chamavam de kaiken. Durante o século XIX, o suicídio era considerado uma forma aceitável de defender a honra de alguém (evitando ser capturada ou estuprada), e o suicídio ritual das mulheres samurai – chamado jigai – acontecia com ela cortando a própria garganta (na jugular) com a sua adaga kaiken.

Uma “adaga de seios” também aparece no seriado Xena. Gabrielle havia tentado carregar uma e Xena toma-a dela e bota em seu corpete, ouvindo logo um gracejo de “como se seus seios já não fossem perigosos o bastante…”.

Por enquanto ficamos por aqui,  em seguida falaremos de outras armas. Infelizmente não achei foto da Marion Loxley de Robin Hood com a adaga, mas – se alguém encontrar – coloque o link nos comentários.

🙂

~~~

[Imagens: pendragoncostumes.com, harlequinleather.com e xenachakram.blogspot.com]


Responses

  1. Pra vc ver … as mulheres não eram tão vitimas assim na antiguidade como alguns gostam de frisar,né?Amei o escrito, tanto qto amo facas,adagas e punhais!Pena que não podemos mais usa-los debaixo do decote!Bjos!

  2. Realmente, os decotes ficaram menores! Risos!
    Brincadeiras à parte, o texto está bem interessante e mostra que as mulheres estão longe de ser apenas um sexo frágil.
    Manda mais!
    Abraços,
    TheLegionary

  3. […] Depois de conhecermos a ‘adaga de corpete‘ no post anterior, vamos continuar a falar das armas (clicando nos links você verá imagens […]

  4. Oba! Mal posso esperar!

  5. Aliás, Xena era uma vergonha…UHAUHAUHAHU

  6. Gosto muito da xena e gabrielle


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: