Publicado por: alexandra | julho 2, 2010

Arqueólogos encontram uma possível gladiadora

Arqueólogos em Herefordshire (subúrbio romano de Credenhill, possivelmente perto da cidade romana de Kenchester) descobriram os restos do que possivelmente seria uma gladiadora.

Entre as evidências, estavam o túmulo de uma mulher musculosa, encontrada em um caixão de madeira elaborado, reforçado com tiras de ferro e faixas de cobre, o que indicaria sua importância. Os restos estavam em uma posição agachada.

O gerente de projetos arqueológicos, Robin Jackson, disse:

“Quando olhamos para os ossos da perna e braço, as ligações musculares sugerem que se tratava de um homenzarrão robusto, mas a cabeça e a pélvis e todos os outros indicadores de gênero dizem que é uma mulher. O caixão foi feito de madeira – não temos nenhum resto da madeira, mas temos os pregos em torno do lado de fora e três imensas correias gigantes que correm por volta do caixão, e também faixas de bronze nos cantos, o que provavelmente o teria reforçado, mas também decorado. É um caixão bastante elaborado e provavelmente muito caro, sendo que a pessoa nele parece ter tido uma vida de trabalho duro, então há uma certa anomalia aí.”

Uma oferta de bife e um pote queimado também foram encontrados no túmulo, e ela foi enterrada no topo de uma base de cascalho.

Outra coisa incomum foi o local onde ela foi enterrada – na periferia, em vez de um cemitério nos limites do assentamento, que era a lei nos tempos romanos.

Essa descoberta é um resultado de escavações na construção do Yazor Brook Flood Alleviation Scheme, que irá proteger casas e negóciso em Hereford. A estrada a leste de Kenchester foi construída pelo exército romano no meio do século I EC, enquanto eles avançavam a oeste para a Gália.

Muito pouco se sabia anteriormente sobre o subúrbio que cresceu ao lado da estrada, porém, resultados preliminares sugerem que o período principal de desenvolvimento desse subúrbio foi dos séculos II a III EC, e que ele era muito mais extenso e densamente ocupado do que previamente se pensava.

Em 2009 se mostrou que a área continha restos bem-preservados de construções romanas, jardins e fossas de lixo situadas de ambos os lados de uma estrada romana maior, que seguia para o leste exterior da cidade.

Os arqueólogos estão escavanado cuidadosamente um corredor de 10 metros de largura para permitir a construção de um aqueduto através da área.

Espera-se que a escavação termine neste mês de julho de 2010 e ajude a esclarecer o desenvolvimento e natureza desse distrito romano.

Quanto ao corpo feminino encontrado, imagina-se que, se a força dela tivesse vindo do trabalho nos campos, ela teria sido enterrada numa mortalha fora do caminho do assentamento, o que não é o caso, então é por isso que se imagina que ela era uma lutadora/guerreira. Além disso, há o pote e a oferta de carne junto. Ainda assim, não há uma teoria formal até agora, há apenas gente ‘pensando alto’ nesse sentido. Até porque uma gladiadora provavelmente não estaria ali, e sim no centro de Roma.

( Tradução e adaptação minhas. – Fontes: Rogue Classicism e BBC )


Responses

  1. Mercenária talvez? Sei que os romanos faziam amplo uso de mercenários, mas não sei até que ponto aceitavam mulheres mercenárias, então estou só brincando com a hipótese.

  2. A Xena talvez? Rsrsrs!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: